QUEM RESPONDE PELOS IMPACTOS AMBIENTAIS DA INCINERAÇÃO DE RESÍDUOS DE SERVIÇO DE SAÚDE? O CASO DE BELO HORIZONTE (BRASIL)

Marcos Paulo Gomes Mol, Liséte Celina Lange

Resumen


O gerenciamento dos Resíduos de Serviços de Saúde (RSS) representa um desafio aos órgãos e instituições envolvidos. Uma técnica de tratamento amplamente adotada no Estado de Minas Gerais (Brasil) para este tipo de resíduo é a incineração. O objetivo deste estudo foi avaliar a percepção dos atores envolvidos no processo de incineração de RSS gerados no município de Belo Horizonte em relação à responsabilidade compartilhadas. Para isso, foi adotada a metodologia qualitativa, através de entrevistas com os geradores de RSS, os representantes das empresas de incineração e dos órgãos ambientais. Os resultados indicaram que os envolvidos com o gerenciamento dos RSS apresentam conceitos divergentes em relação às responsabilidades quanto aos possíveis impactos ambientais provocados pelo manejo inapropriado destes resíduos.


Palabras clave


Incineração; Resíduos de Serviço de Saúde; Responsabilidade Compartilhada

Texto completo:

PDF