USO DE CISTERNAS PARA ABASTECIMENTO HUMANO POR MEIO DA CAPTAÇÃO DE ÁGUA DA CHUVA: A EXPERIÊNCIA DO BRASIL NOS ÚLTIMOS ANOS

Anne Rosse e Silva, Patrícia Campos Borja

Resumen


O uso de cisternas para a captação e armazenamento de água da chuva com vistas ao abastecimento humano tem sido amplamente adotado no Semiárido Brasileiro nos últimos anos. No entanto, para que essa solução alternativa alcance seu objetivo é indispensável garantir a água com qualidade e quantidade adequadas, além da continuidade do acesso a esse bem. Com o início do Programa Um Milhão de Cisternas essa tecnologia adentrou de forma mais consistente no cenário das discussões e das produções científicas brasileiras. Nesse contexto, este estudo objetiva compreender como as publicações científicas têm abordado essa temática, além de identificar os aspectos mais analisados e as possíveis lacunas de conhecimento. A metodologia adotada envolveu uma revisão da literatura publicada entre os anos de 2003 e 2015, seguida da análise crítica dos conteúdos. Os resultados apontaram a necessidade de se avançar nas pesquisas, vez que, alguns temas não foram explorados o suficiente, enquanto outros precisam ser consolidados, além da existência de pontos não abordados. Destaca-se que, efetuar um balanço da produção existente em relação a um objeto de estudo pode conduzir a uma melhor compreensão do mesmo e auxiliar o desenvolvimento de novas pesquisas.


Palabras clave


cisternas, P1MC, captação de água da chuva.

Texto completo:

PDF