AVALIAÇÃO DE IMPACTOS AMBIENTAIS DO LIXÃO DO IGUAÍBA, PAÇO DO LUMIAR/MA

Débora Danna Soares da Silva, Pablo Seixas da Silva França, Jeferson Botelho Rodrigues, Layse Lorena Neves Sales

Resumen


Uma realidade ainda muito comum nos países em desenvolvimento é a utilização de lixões como forma de destinação final de resíduos sólidos urbanos. Considerando as problemáticas causadas por essa prática, o presente estudo teve por objetivo identificar os danos causados ao longo dos anos pelo lixão desativado do Iguaíba, localizado no Município de Paço do Lumiar/MA, por meio dos instrumentos de avaliação de impacto ambiental, além de propor medidas mitigadoras para alguns desses impactos. O estudo foi realizado através de pesquisa de campo, com observações diretas sob a área de estudo, quanto a avaliação de impactos ambientais utilizou-se como base um checklist e o método de Índice de Impacto, para identificar e descrever os possíveis impactos ambientais ocorridos, e proposição de medidas voltadas à recuperação da área. Observou-se que dentre os principais impactos ambientais causados na área estão a compactação do solo, a contaminação do solo e do lençol freático, a catação insalubre, entre outros. No caso analisado, fica evidenciado que o lixão do Iguaíba possui um caráter degradativo em relação aos recursos naturais locais, prejudicando assim a qualidade ambiental da área.


Palabras clave


disposição final irregular; impactos negativos; resíduos sólidos urbanos

Texto completo:

PDF (Português (Brasil))


DOI: http://dx.doi.org/10.22201/iingen.0718378xe.2022.15.1.77102