USO DE BIOINDICADORES COMO AUXÍLIO NO MONITORAMENTO DE RIOS COM PRESENÇA DE DEJETOS DE ANIMAIS: REVISÃO DE LITERATURA

Milla Gomes Albuquerque, Shara Sonally Oliveira de Sousa, Valmir Cristiano Marques de Arruda, Soraya Giovanetti El-Deir

Resumen


Os dejetos de animais apresentam alta quantidade de nutrientes, podendo servir para fertilizante ou para geração energética. Quando dispostos incorretamente, causam prejuízos ao meio, podendo provocar eutrofização do ambiente aquático. Os bioindicadores são seres vivos que apresentam alterações etológicas, fisiológicas ou morfológicas face a modificações abióticas, podendo ser monitores hídricos. Este visa avaliar se Brachionus calyciflorus e Brachionus havanaensis podem ser consideradas bioindicadoras ideais para o monitoramento hídrico. O levantamento bibliográfico foi resumido num quadro para cada espécie. Depois, foi realizada análise qualiquantitativa usando dez parâmetros pré-definidos, com pesos e notas variáveis. Estes resultados foram multiplicados gerando um indicador para cada uma das características. Estes valores foram somados e estipuladas faixas a partir do resultado da média entre a soma dos pesos e a soma das notas totais dos parâmetros. As duas espécies apresentam taxonomia pouco definida, tamanho pequeno e dificuldade de reconhecimento por não especialistas, o que mostra um desfavorecimento no estudo das espécies. Entretanto, estas foram usadas de forma recorrente em laboratório e com ampla distribuição geográfica. B. calyciflorus mostrou-se como um bom bioindicador ambiental e B. havanaensis foi classificada como regular para zonas eutróficas.


Palabras clave


Parâmetros ambientais; Poluição Ambiental; Qualidade das águas; Rotíferos.

Texto completo:

PDF (Português (Brasil))


DOI: http://dx.doi.org/10.22201/iingen.0718378xe.2022.15.1.77686