PROJEÇÕES DOS IMPACTOS DAS MUDANÇAS CLIMÁTICAS SOBRE AS BACIAS DO HIDROSSISTEMA JAGUARIBE, CEARÁ, BRASIL, UTILIZANDO INFORMAÇÕES DO CORDEX DO MODELO CLIMÁTICO REGIONAL RCA4

Greicy Kelly da Silva, Cleiton da Silva Silveira, Marx Vinicius Maciel da Silva, Antônio Duarte Marcos Júnior, Carlos Eduardo Sousa Lima

Resumen


O objetivo deste trabalho foi analisar as projeções dos campos de precipitação, temperatura e vazão sobre as Bacias Hidrográficas (BHs) Banabuiú, Castanhão e Orós a partir de cinco modelos (CSIRO-Mk3-6-0, ICHEC-EC-EARTH, IPSL-CMSA-MR, HadGEM2-ES e NOAA-GFDL-ESM2M) participantes do Coordinated Regional Climate Downscaling Experiment. A metodologia consistiu na avaliação da representação do clima presente através da sazonalidade e variabilidade interanual e na análise das medianas de anomalias e tendências das variáveis. Em geral, os modelos mostraram boa representação da média climatológica observada sobre as bacias, sobretudo nos meses mais secos: agosto a outubro. A BH Castanhão apresentou maior variabilidade interanual em seu padrão observado de chuva. Na análise das simulações do clima futuro de precipitação e vazão, os resultados apontaram uma distribuição das projeções em direções diferentes dentre os períodos analisados, com um padrão de redução das anomalias para o primeiro período (2006-2035) e de aumento para o último ciclo de 30 anos do século (2066-2095) nos dois cenários analisados e em todas as bacias. Se observou no segundo período (2035-2065) e entre os cenários, uma maior dispersão entre os módulos e as direções das medianas. As médias anuais de temperatura mostraram aumento durante o século XXI para os cenários RCP 4.5 e RCP 8.5, com maior intensidade neste último. Na análise das tendências, o modelo CSIRO-Mk3-6-0 projetou os maiores impactos de aumento da temperatura e de redução da vazão e precipitação, ao passo que o modelo IPSL-CMSA-MR indicou as maiores tendências positivas de chuva e vazão.


Palabras clave


mudanças climáticas; CSIRO-Mk3-6-0; Sistema Jaguaribe

Texto completo:

PDF (Português (Brasil))


DOI: http://dx.doi.org/10.22201/iingen.0718378xe.2022.15.1.77711