AVALIAÇÃO DA COMPOSIÇÃO HIDROGEOQUÍMICA DE ÁGUAS SUBTERRÂNEAS DE POÇOS PROFUNDOS SITUADOS NO MUNICÍPIO DE CAUCAIA – CE E SUAS LIMITAÇÕES DE USOS

Wesllen Melo da Costa, Ronaldo Ferreira do Nascimento, Fernando José Araújo da Silva

Resumen


A utilização dos recursos hídricos subterrâneos no Nordeste brasileiro é uma importante alternativa para o atendimento dos usos múltiplos. Entretanto, a qualidade desse tipo de água está condicionada a uma série de parâmetros físico-químicos, muitas vezes fornecendo poucas informações quando analisados isoladamente. Nesse contexto, este estudo teve como objetivo avaliar a composição hidrogeoquímica da água de cinco poços profundos no Município de Caucaia – CE através de índices iônicos e de razões visando avaliar as limitações de usos desse tipo de água. Os resultados obtidos demonstraram que as amostras possuem elevada condutividade elétrica (2935 a 8350uS/cm) e são classificadas como águas muito duras (>300mgCaCO3/L). Os índices estudados demonstram que as águas possuem tendência à corrosão sendo classificadas como sódicas cloretadas. Além disso, as amostras analisadas possuem grau de restrição em relação à sodicidade classificado como de alto risco (RASmédio>18) e que o risco de salinização dos solos variando entre muito alto (2250uS/cm<C.E<5000uS/cm) e excepcionalmente alto (>5000uS/cm). Desta forma, a utilização dessas águas para fins potáveis pressupõe um tratamento visando a remoção principalmente das elevadas concentrações de sais e na agricultura irrigada a necessidade de técnicas de manejo específicas para utilização de águas com essas características.


Palabras clave


águas subterrâneas; índices iônicos; usos múltiplos

Texto completo:

PDF (Português (Brasil))


DOI: http://dx.doi.org/10.22201/iingen.0718378xe.2022.15.1.77830