IMPACTOS SOCIOAMBIENTAIS DOS DEJETOS DA PECUÁRIA NO ÂMBITO RURAL: UMA REVISÃO DE LITERATURA

Milla Gomes Albuquerque, Shara Sonally Oliveira de Sousa, Valmir Cristiano Marques de Arruda, Soraya Giovanetti El-Deir

Resumen


Os dejetos de animais oriundos de atividades da pecuária são potencialmente poluidores, quando descartados de maneira inadequada. Estes podem ser utilizados como adubo para o solo ou como energia, servindo como fonte de renda para os pequenos agricultores. O objetivo deste trabalho visa aprofundar a discussão do uso do biodigestor na alocação sustentável dos rejeitos da pecuária, afim de auxiliar as propriedades com menor potencial impactantes. Procedeu-se uma revisão bibliográfica, além da matriz de indicadores adaptada de Tommasi para visualização da intensidade de cada impacto. Os dejetos de animais mostraram ser um fator impactante da pecuária, sendo este ramo responsável por parte da emissão dos gases de efeito estufa. A poluição hídrica proveniente dos dejetos pode dar-se através do escoamento superficial; já a compactação do solo atrapalha as águas superficiais e subterrâneas, como todo o rio, além de alterarem as concentrações de fósforo e sódio e o comprometimento de espécies aquáticas. Como solução, propõe-se a utilização do biodigestor para geração do biogás, a partir da biomassa residual para serviços de energia e fertilizantes, de forma a elevar a renda da população e a diminuir os impactos ambientais causados pelos dejetos. O aproveitamento deste pode contribuir positivamente para o saneamento ambiental.


Palabras clave


ambiente rural; poluição ambiental; resíduos de animais; resíduos sólidos

Texto completo:

PDF (Português (Brasil))


DOI: http://dx.doi.org/10.22201/iingen.0718378xe.2022.15.1.78123